• contato@coordenare.com.br
Farmácias em Portugal

Canal: Novidades

Em Portugal, em 2010, havia uma farmácia por cada 3.725 cidadãos

Portugal pode hoje orgulhar-se de ter uma das melhores redes de farmácia da Europa, com o melhor sistema de assistência farmacêutica às populações, ao mais baixo custo.

As farmácias portuguesas são unidades enquadradas no sistema nacional de prestação de cuidados de saúde, com direcção técnica permanente de farmacêuticos. 

A instalação de farmácias está condicionada por critérios demográficos e geográficos. Este fato impossibilita a concentração de farmácias nos centros urbanos e promove uma distribuição homogênea por todo o território nacional.

Investindo continuamente no desenvolvimento da qualidade dos serviços que prestam, as farmácias respondem em cada momento às necessidades dos seus utentes, 24 horas por dia, 365 dias por ano. 

Pequenas empresas, com 5,7 colaboradores em média, as farmácias espelham o esforço permanente do sector na modernização das infra-estruturas que colocam ao serviço da população. 

As Farmácias Portuguesas prestam serviços de intervenção farmacêutica de âmbito muito diversificado e de diferentes graus de complexidade, de acordo com as necessidades dos doentes e da população que servem, fundamentalmente assentes em quatro eixos: 

- Promoção da saúde e prevenção da doença

- Identificação precoce de suspeitos

- Vigilância de doentes sob terapêutica

- Cuidados continuados

Na sua Farmácia poderá usufruir destes serviços:

Serviços Essenciais – estão normalmente associados à dispensa de um medicamento / produto de saúde, medições de parâmetros, promoção da saúde, proteção ambiental e redução do desperdício.

Serviços Diferenciados – habitualmente associados ao seguimento da terapêutica através de visitas programadas do doente à farmácia, nas quais o farmacêutico investe tempo adicional e know-how especializado no domínio do medicamento.

Com a entrada em vigor da legislação que define os serviços farmacêuticos, as farmácias estão a preparar-se para alargar o leque de oferta dos serviços que prestam na sua missão de estarem ainda mais próximas da população em outros domínios inovadores. (Fonte: associação Nacioanl das Farmácias).